Estava escuro... tinha medo... mas fez-se luz, iluminava-me e a tudo o que me rodeava. Era eu, foi o que aconteceu quando me descobri a mim próprio!

segunda-feira, agosto 28, 2006

Quando o amanhã chegar...

Quando o amanhã chegar…

Vou ser um pai melhor e passar mais tempo com os meus filhos,

E pôr a minha família antes do meu trabalho.

Vou comer melhor

E começar a fazer exercício como sei que devia.

Vou sair menos com os meus amigos

E passar mais tempo a conversar com a minha mulher.

Vou fazer um esforço para telefonar aos meus avós

E aprender a ser mais paciente com os outros.

Vou finalmente deixar de fumar

E beber menos álcool.


Vou aprender a voar como sempre quis fazer

E ter consciência de que tudo é possível se me esforçar para que os meus sonhos se tornem realidade.

Vou, todos os dias, ter um gesto generoso para com um estranho

Para ajudar a criar um mundo melhor.

Vou dizer apenas a verdade,

Mesmo que isso tenha consequências para mim próprio,

Pois essa é a forma correcta de agir.


Mas não hoje.


Hoje tenho muitas contas para pagar.

Hoje tenho muito trabalho extra para terminar.

Hoje os miúdos portaram-se mal e eu preciso de um cigarro para me acalmar.

Hoje não tenho tempo.


Mas quando o amanhã chegar,

Vou fazer aquilo que sei que devia e tudo será melhor.

Amanhã vou arranjar tempo para fazer tudo,

Porque, lá no fundo, sei que tudo o que não faça agora, não vai acontecer,

Porque o amanhã nunca chegará.


Mas hoje não.


in Quando o amanhã chegar de Peter O’Connor

3 comentários:

sendyourlove disse...

Meu Deus...como me revejo aqui...
Hoje sim!

zeca disse...

Bom dia Funny!

Boa escolha!Este texto leva-nos a reflectir naquela tomada de posição que tantas vezes adoptamos, ou seja, de nos enganarmos a nós próprios com o "amanhã", com o adiar das nossas decisões apresentando como motivo o "amanhã". E como o "amanhã" não existe, porque é simplesmente uma ideia "convencional" de tempo, nunca tomamos as decisões que temos consciência que deveríamos tomar... porque simplesmente decidimos tomá-las no "amanhã", ou melhor no "nunca".

Obrigado pela partilha :)

Um dia cheio de Sol para ti

Flôr disse...

Não deixemos para amanhã o que podemos fazer e dizer, HOJE!
Linkei-te, espero que não te importes! :)
gosto imenso do teu cantinho...