Estava escuro... tinha medo... mas fez-se luz, iluminava-me e a tudo o que me rodeava. Era eu, foi o que aconteceu quando me descobri a mim próprio!

terça-feira, março 06, 2007

O outro lado do acaso


A vida é uma criação! Ninguém contesta, tenha ela demorado milhões de anos ou um simples instante. Talvez um simples instante de milhões de anos.


Sentimos por vezes que não controlamos a nossa vida, mas que “algo” o faz. Seremos espectadores da nossa própria vida? Estará já o nosso futuro definido e destinado, sendo as nossas decisões, apenas o cumprir de um programa estabelecido que inocentemente chamamos liberdade?


Ou será que criamos a nossa realidade, muitas vezes de forma inconsciente, mas não deixamos de interferir com o nosso caminho?


A vida é uma criação sim! Mas uma criação conjunta em que somos os principais protagonistas. Quer dizer nós não, Deus… mas não somos nós também deuses?

1 comentário:

Ivete disse...

Nossa.Pareces muito comigo...Ou será que os questionamentos de toda a humanidade são os mesmos?