Estava escuro... tinha medo... mas fez-se luz, iluminava-me e a tudo o que me rodeava. Era eu, foi o que aconteceu quando me descobri a mim próprio!

terça-feira, outubro 25, 2005

O que é que o Amor faria agora?

Certamente no lugar da palavra Amor, outros colocariam sinónimos da mesma. Mas a questão fulcral não é a palavra, é a acção motivada pelo sentimento. É fundamental imaginarmo-nos repletos de Amor (ele está lá, nós é que passamos a vida a escondê-lo).

Há quem diga que o Amor é irracional e portanto um mau decisor. Olhando para o mundo, facilmente constatamos que a maioria das decisões se baseiam na “racionalidade”, no entanto o mundo está como está. É por isso altura de dar lugar ao Amor como base da vida e das decisões. Partilha o teu Amor e receberás muito mais.

Quando tiveres que tomar uma decisão, pergunta-te o que é que o Amor faria agora?

3 comentários:

sendyourlove disse...

Estava aqui a olhar e a pensar que isto merecia um comentário...mas não me saía nada...até que me lembrei O que que o amor diria agora? Certamente diria - Obrigado por me espalhares pelo mundo!

bastard_o disse...

desculpa lá, mas fiquei-me mesmo pela primeira frase. é que nenhum sinónimo de Amor é completamente...sinónimo...entendes?

Funny disse...

Fiquei à espera para ver se havia algum comentário que de certo modo fizesse alusão ao q disseste cm n houve cá fica o q tenho a dizer:

"A realidade suprema da vida (define-se) em três grandes dimensões: mente, corpo e espírito q será uma visão espiritual por assim dizer, enquanto q as religiões falam de Pai, Filho e Espírito Santo, se formos para a ciência falaremos em energia, matéria e éter, na psicologia sobreconsciente, consciente e subconsciente. Se quisermos generalizar talvez possamos falar de Aquilo que dá origem, Aquilo q é originado e Aquilo q é (...)"

Retirado de um outro comentário que fiz há uns meses, isto para dizer, que na tua perspectiva pode não haver sinónimo de Amor, o que não significa que não haja.