Estava escuro... tinha medo... mas fez-se luz, iluminava-me e a tudo o que me rodeava. Era eu, foi o que aconteceu quando me descobri a mim próprio!

quarta-feira, junho 13, 2007

Dúvida...


Sentir o coração vibrar, sentir o barro cair ao chão, sentir o despedaçar da alma numa fracção de segundo, para imediatamente perceber que apenas se trata do início de uma nova etapa.

Pois, pois é fácil falar, mas viver a realidade, é disso que precisamos.

A vida só pode ser entendida e cada acontecimento, quando descemos à profundidade do nosso espírito, quando nos interligamos com todo o mundo em harmonia, quanto temos uma visão global e consciente sobre a vida! E isto é realidade, não são meras palavras vãs, e é tão real, que ficamos fascinados com o que em boa verdade a vida é, e com o que nós SOMOS.


2 comentários:

Ivete disse...

É essa harmonia que nao conseguimos realizar... E sem dúvida é isso que tantas vezes nos faz chorar. Abraços!

Funny disse...

Geralmente procuramos a harmonia nos sítios errados. A harmonia antes de existir à nossa volta e de tentarmos encontrar reflexos dela nos outros e nos acontecimentos, temos de a procurar e trabalhar em nós.

Há uma frase muito verdadeira, se eu não for feliz não consigo fazer os outros felizes. Acho que isto deve ser levado muito a sério. Quando somos felizes temos muito mais para dar, somos muito mais genuínos, SOMOS MUITO MAIS...